Projeto da Comusa foi destaque na Semana da Água, em Gramado

Autarquia foi convidada para apresentar o programa Guarde a Chuva em oficina para captação de água da chuva

 

A Comusa - Serviços de Água e Esgoto de Novo Hamburgo apresentou nesta quarta-feira (23), em Gramado, o projeto Guarde a Chuva, em evento promovido pela Secretaria do Meio Ambiente do município, como parte da programação da Semana da Água. A  "Oficina de Captação de água da chuva com utilização de minicisternas", foi ministrada pela técnica química da Comusa Milena Rosseti, com o objetivo de explicar o case da autarquia que implementou cisternas caseiras em quase 70 escolas de ensino fundamental de Novo Hamburgo, desde a criação do programa.

Milena relata que a oficina foi acompanhada, inclusive, por vereadores do município que estão elaborando projetos de lei para trabalhar o racionamento de água em Gramado. “Tivemos uma ótima troca de experiências, falamos dos nossos desafios aqui em Novo Hamburgo para que eles também possam implementar o projeto. Assim como o Guarde a Chuva, eles também estão com foco para reaproveitar a água da chuva e ficaram muito interessados em levar essa ideia.”

Ela ainda destacou na apresentação o uso da água reaproveitada, o tamanho do telhado para instalar a cisterna, quanto é possível captar da água da chuva, além de acompanhar e mostrar o processo de montagem de uma cisterna com os participantes. “Eles gostaram muito da experiência e fizeram o convite para que possamos voltar em outro momento.”

Para o diretor-geral da Comusa, Márcio Lüders, o reconhecimento do programa em outros lugares do Estado mostra que a iniciativa é importante para trabalhar a sustentabilidade. “O projeto não entrega apenas uma minicisterna para as escolas. Elas precisam mostrar que estão trabalhando com as crianças assuntos relacionados ao meio ambiente e sustentabilidade para poder receber o Guarde a Chuva. E isso estimula os alunos a levarem essa conscientização para casa”, comenta. 

Projeto na ONU - Desde o começo de setembro, o Guarde a Chuva também faz parte de uma rede internacional de projetos de sustentabilidade e reaproveitamento de água da ONU. O Water Action Hub 3.0 faz parte do programa CEO Water Mandate, um braço do Pacto Global da ONU, do qual a Comusa faz parte, e disponibiliza mais de  940 projetos, desenvolvidos por 775 organizações ao redor do mundo. No Rio Grande do Sul, apenas três projetos fazem parte da iniciativa. “O trabalho de adesão ao Pacto Global é de compromisso com a sustentabilidade. A Comusa oferece um serviço de qualidade para os moradores, mas sem descuidar com o meio ambiente. E por isso temos que destacar essa iniciativa que está alinhada com o compromisso assumido”, comenta Lüders.

O que é - O programa Guarde a Chuva tem o objetivo de incentivar a cultura do aproveitamento da água da chuva. As cisternas instaladas nas escolas são um instrumento pedagógico para trabalhar os cuidados com a água. Além disso, proporcionam convívio diário da comunidade escolar com o uso da água da chuva para fins não potável, criando assim o hábito do seu uso, consequentemente criando a cultura do aproveitamento desse recurso hídrico alternativo. O Guarde a Chuva iniciou em 2014 quando foram doadas 40 cisternas para as escolas públicas municipais.

 

Servidor Lucas Robaldo apresentou a montagem da cisterna

Notí­cia em 25/10/2019


© 2011-2013 COMUSA - Serviços de Água e Esgoto de Novo Hamburgo
Todos os direitos reservados.

Av. Coronel Travassos, 287 CEP 93415-000 / Bairro: Rondônia / Novo Hamburgo/RS

www.twitter.com/comusanh www.facebook.com/comusanh